Quem Somos

O site ATRAVES DA BÍBLIA apesar da vertente pentecostal, não tem vinculo ou pertençe a denominação alguma. Somos assim, justamente para que os nossos artigos tenham a garantia de ser independentes, não tendo assim, uma única linha de pensamento. A nossa crença não muda, e vamos defende-la até o fim. Não queremos que os nossos conteúdos sejam alinhados à determinadas igrejas ou vertentes evangélicas, garantindo assim, uma maior lisura e repeito aos nossos leitores. Isto não significa que todos irão aceitar os nossos artigos ou pensamentos. Porém, todos terão o livre arbítrio de concordar ou não, além de poder opinar através de nosso sistema de comentários. Para isso, basta que o usuário faça um breve cadastro gratuítamente. veja abaixo nossa declaração de fé:

DECLARAÇÃO DE FÉ

Compartilhamos a fé em Jesus Cristo com todos os cristãos de qualquer denominação, que concordam com os Cinco pilares formulados na Reforma, que são:

  1. Somente a fé;
  2. Somente a Escritura;
  3. Somente Cristo;
  4. Somente a graça;
  5. Glória somente a

 

SOBRE A BÍBLIA

 Cremos na Bíblia como a infalível Palavra de Deus inspirada pelo Espírito Santo (1Coríntios 2.13; 1Tessalonicenses 2.13; 2Timóteo 3.16; 2Pedro 1.19-21). É por isso que também trabalhamos para pregar “toda a vontade de Deus”, que nos é dada em sua Palavra (Mateus 28.18-20; Atos 20.27).

Por acreditarmos que toda a Bíblia é inspirada por Deus, nós também cremos que todas as profecias bíblicas pendentes serão cumpridas, como foi prometido por Deus (Isaías 46.9-10; 55.11; Mateus 5.17- 18; Romanos 3.3-4; 11; Apocalipse 22.6-20).

Cremos que a Bíblia deve ser entendida e interpretada no seu sentido mais simples (Salmo 33.4; João 5.31-47; 2Timóteo 3.14-17; Apocalipse 1.3). É por isso que também cremos que a profecia bíblica fala através de uma interpretação simples, não precisando ser espiritualizada (Apocalipse 21.5; 22.6). Cremos que não é preciso um conhecimento superior ou um dom de interpretar e entender a Bíblia, mas sim o Espírito Santo (João 7.17; Atos 1.8; 1Coríntios 2.7-15).

SOBRE DEUS E OS HOMENS

 Com base na Palavra de Deus, cremos que há apenas um eterno e perfeito Deus, que é o Criador de todas as coisas – como o nosso mundo, que ele criou em seis dias (Gênesis 1–3; Isaías 45.5-7). Cremos que em essência ele é um, mas eternamente existe em três pessoas: em Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo (Mateus 28.19; 1Coríntios 12.4-6; 2Coríntios 13.14).

Cremos que o homem foi criado por Deus à sua imagem e semelhança (Gênesis 1.26–2.25; Tiago 3.9). Mas, por causa do pecado do primeiro homem, Adão, todo ser humano é um pecador por natureza e representa a sua própria rebelião e natureza depravada sob a ira de Deus (Gênesis 2.16-17; Romanos 1– 3; 5.10,19; Efésios 2.1-3; 4.22; Tiago 4.4).

Nós cremos que o Filho eterno de Deus se fez homem, nascido de uma virgem, concebido pelo Espírito Santo – e assim livre do pecado original de Adão (Isaías 7.14; Mateus 1.23; Lucas 1.35; Romanos 5; Gálatas 4.4). Ele viveu como pleno Deus e pleno homem uma vida sem pecado, e levou na cruz do Calvário os pecados do mundo sobre si (2Coríntios 5.21; Filipenses 2.6-11). Sua ressurreição provou a sua filiação divina e a aceitação do sacrifício por Deus Pai (Romanos 1.4). Ele subiu ao céu e agora está sentado à direita de Deus Pai (Marcos 16.19), onde atua como intercessor e sumo sacerdote dos seus remidos (Hebreus 4.14; 1João 2.1).

SOBRE A REDENÇÃO

 Nós cremos que todo ser humano – judeu ou gentio – pode ser reconciliado e redimido somente pela fé em Jesus Cristo e pela graça de Deus (Atos 4.12; Romanos 3.21-31; 5.1-11; Efésios 2.1-10).

Nós acreditamos que a pessoa é salva se invocar o Senhor, crer e professar que o Filho de Deus, Jesus Cristo, morreu pelos seus pecados, ressuscitou e é o seu Senhor (João 3.16; Atos 2.21; Romanos 1.1-7,16- 17; 10.9-13; 1Coríntios 1.18; 2Coríntios 5.21).

Nós cremos que Deus determinou todos os homens para a salvação (Ezequiel 18.23; Romanos 11.32; 1Timóteo 2.4; 2Pedro 3.9). O homem só pode se converter através da obra de Deus (Mateus 11.27; João 3.27; 6.44,65; 1Coríntios 12.3), mas é então exigida a sua vontade para chegar a ele (Mateus 23.37; Marcos 16.16; Lucas 9.23; 1Tessalonicenses 1.9). Desde a eternidade, Deus, em sua onisciência, viu aqueles que se converteriam e os destinou para serem salvos (Romanos 8.29-30). Antes da criação do mundo, Deus escolheu, sem exceções, cada um para ser salvo que se voltasse para ele (Efésios 1.4ss).

Nós cremos que todos os salvos pela graça em Cristo imediatamente são nascidos de novo para toda a eternidade e selados com o Espírito Santo. E, como coerdeiros com Cristo, todos são salvos por Deus e têm uma herança no céu (João 3.3-7; 10.27-29; Romanos 8.17; Efésios 1.3-14; 2; Tito 3.5).

Cremos que todos os redimidos em Cristo são completamente justificados e santificados por Deus (1Coríntios 6.11; Efésios 1.4). O redimido recebe a justiça de Cristo (1Coríntios 1.30), porque Cristo assumiu e pagou por todos os seus pecados e pela sua culpa (2Coríntios 5.21; Colossenses 2.13-15; 1Pedro 2.24). Embora o redimido já esteja completamente santificado diante de Deus (Hebreus 10.10,14), ele ainda é chamado a buscar alcançar a santidade na prática (1Tessalonicenses 4.3; Hebreus 12.14; 1Pedro 1.15) e a ter a vocação de viver dignamente (Efésios 4.1ss; ver Romanos 12.1ss).

SOBRE A IGREJA E ISRAEL

 Cremos que todos os cristãos resgatados pelo Espírito Santo são membros do corpo de Cristo, a igreja global (1Coríntios 12.12-13).

Cremos que Deus tem usado as igrejas locais para ajudar a reunir os cristãos para o culto a Deus, para a comunhão e para o ensino. E também para – por meio de suas tarefas e dons – glorificar o Senhor, servir na igreja e propagar o evangelho por todo o mundo (Mateus 28.18-20; Marcos 16.15; Atos 2.42; 14.23,27; 1Coríntios 11.18-20; Efésios 3.21; 4.7-16; 1Timóteo 3.15; 2Timóteo 2.2; Tito 1.5; Hebreus

10.25).

Cremos que a igreja de Jesus Cristo é composta por judeus e gentios nascidos de novo (Gálatas 3.28; Efésios 2.11-18; Colossenses 3.11), que são o povo de Deus (Romanos 9.26; 1Pedro 2.9-10). Mas também cremos que a igreja não é o único povo do Senhor. Cremos que Deus não descartou a nação de Israel (Jeremias 31; Romanos 11), mas a colocou aparte até que a igreja esteja completa.

Nós cremos que Deus já está movimentando o povo de Israel a voltar à sua terra de origem (Ezequiel 22.17-22; 36.22-24; 37.1-14). O ressurgimento do Estado de Israel, em 1948, nos mostra o cumprimento de uma profecia milenar (cf. Isaías 11.11-12; Sofonias 2.1-2). Cremos que o povo de Israel reconhecerá Jesus como o Messias em sua segunda vinda em glória para ser salvo e para receber as promessas que Deus fez no Antigo Testamento, e que ainda não foram cumpridas (Isaías; Jeremias; Ezequiel; Zacarias, entre outros; ver Apocalipse 21.5-6).

No entanto, cremos que até a segunda vinda do Senhor somente serão vistos como judeus, do ponto de vista espiritual, os “verdadeiros judeus” e o “Israel de Deus”, que foram salvos mediante a fé em Jesus Cristo pela graça (Romanos 2.17-29; 5.11; Gálatas 6.16). Estes são um em Cristo juntamente com os crentes dentre as nações e pertencem ao povo espiritual da igreja (Efésios 2.11-18).

SOBRE OS ANJOS

 Cremos na existência de anjos santos de Deus e dos anjos caídos, ou seja, Satanás e seus demônios. Todos os anjos são seres criados. Apesar de terem um posto mais alto do que os humanos e de não podermos blasfemá-los, também não podemos adorá-los (Efésios 6.12; Hebreus 1.6–7.14; 2Pedro 2.10-11; Judas 8-

9; Apocalipse 5.11-14; 19.10; 22.9).

 SOBRE AS ÚLTIMAS COI SAS

 Nós cremos que todo ser humano precisa morrer (Hebreus 9.27; exceto aqueles que serão arrebatados). Logo após a morte, a alma do homem redimido vai para a presença do Senhor (Filipenses 1.23); a alma de um homem que não acreditava em Cristo vai para um lugar de tormento (Lucas 16.19-26).

Nós cremos que Jesus Cristo voltará um dia e sua igreja será arrebatada em direção a ele nas nuvens. Os mortos serão ressuscitados e aqueles que ainda estão vivos serão transformados. Todo cristão receberá um corpo glorificado e terá que comparecer perante o tribunal de Cristo para receber de acordo com as obras praticadas, e assim estará para sempre com Cristo (João 14.1-3; 1Coríntios 3.11-15; 15.51-53;

2Coríntios 5.10; 1Tessalonicenses 4.15–5.11). Nós cremos, pelo nosso conhecimento atual, que o arrebatamento acontecerá antes do dia do Senhor (1Tessalonicenses 1.10; 4.16–5.11; Tito 2.13) e que ele pode acontecer a qualquer momento.

Cremos que após o arrebatamento surgirá um governador mundial anticristão, que fará um falso acordo de paz com Israel; e, assim, o dia do Senhor (o julgamento de Deus) será introduzido (Isaías 13.9ss; 28.14-29; Daniel 9.27; 2Tessalonicenses 2.3ss). Durante esse tempo, Deus derramará sua ira sobre a terra e preparará Israel para a vinda de Jesus (Jeremias 30.7; Daniel 9.24-27; Joel 1–2; Sofonias; Mateus 24.15-31; 25.31-46; 2Tessalonicenses 2.7-12; Apocalipse 6–19).

Cremos que, no final do dia do Senhor, Jesus Cristo voltará em poder e grande glória junto com a sua igreja e seus anjos para julgar as nações e Israel (Ezequiel 20; Mateus 25; Judas 14; Apocalipse 19). Israel reconhecerá o seu salvador e será salvo (Isaías 59.19-20; Ezequiel 21.25-27; Zacarias 14). O Senhor Jesus irá estabelecer em Jerusalém, no Israel restaurado nacional e espiritualmente, um reino milenar sobre a terra (Jeremias 31.31-34; Daniel 7.17-22; Mateus 25.31; Apocalipse 19.11-16; 20.1-6). Através deste reino messiânico serão cumpridas as promessas pendentes para Israel (Romanos 11.1-2).

Cremos que Satanás e seus anjos caídos (demônios) estarão aprisionados durante o reino milenar de paz de Jesus Cristo. No final do milênio serão libertados para enganar as nações da terra (Apocalipse 20.7ss). Cristo porá um fim a essa rebelião com fogo e, posteriormente, Satanás e seus anjos serão lançados no lago de fogo, o inferno (Mateus 25.41; Apocalipse 20.10). Então, todas as pessoas que não foram salvas pela fé em Cristo ressuscitarão e serão julgadas por Deus, segundo as suas obras e condenadas à punição eterna no lago de fogo (Apocalipse 20.11-15).

Cremos que depois de tudo isso o velho céu e a velha terra serão desfeitos (2Pedro 3.10; Apocalipse 20.11). Deus criará novo céu e nova terra, onde irá morar em justiça juntamente com os seus remidos de todas as eras (Efésios 5.5; Apocalipse 21–22). A Jerusalém celestial descerá do céu (Apocalipse 21.2) e Jesus Cristo entregará o reino a Deus Pai (1Coríntios 15.24-28). Em seguida, todos os redimidos viverão em seus corpos glorificados com o seu Senhor ressuscitado para sempre numa terra renovada.

Aviso de cookies

Cookies são arquivos de texto enviados para seu computador quando você acessa a internet. Eles servem para que sua navegação seja mais rápida, pois seus dados de pesquisa estarão armazenados nos sites.

O Google Adsense, sistema de anúncios do Google, utilizado pelo site Através da Bíblia, faz issoe é por isso que os anúncios aparecem para você seguindo suas características, últimas buscas e produtos que você já demonstrou interesse.

Além disso, os cookies também facilitam o preenchimento de alguns formulários, através da memorização – serviço opcional, que pode ser ativado em seu navegador.